Beyoncé processada por usar voz de cantor sem autorização
11 Fevereiro 2017
      
Depois de ter anunciado estar à espera de gémeos, Beyoncé volta a estar em destaque na imprensa internacional, desta vez não pelas melhores razões. Segundo o site TMZ, a mulher do cantor de hip hop Jay-Z foi alvo de um processo em tribunal por usar a voz de Messy Mya.

A ex-integrante do grupo Destiny’s Child usou a voz de Mya, cujo nome real é Anthony Barré, para a música ‘Formation’, do seu mais recente álbum ‘Lemonade’. A voz do entertainer pode ser ouvida em vários momentos da música em frases como: “what happened at New Orleans?” (“o que é que aconteceu em Nova Orleães?”, em tradução livre), “Bitch, I”m back by popular demand” (“P…, estou de volta por exigência popular”) ou ainda “Oh, yes, I like that” (“Oh, sim, gosto disso”). Os excertos foram retirados dos vídeos ‘A 27 Piece Huh?’ e ‘Booking The Hoes From New Wildin’, que podem ser encontrados na conta de YouTube de Barré.

De acordo com a mesma publicação, a família de Messy Mya, que foi assassinado em 2010, decidiu levar o ocorrido à justiça norte-americana e exige uma indemnização no valor de 20 milhões de dólares (19 milhões de euros, aproximadamente) pelos direitos de autor e outros danos provocados pela intérprete do tema ‘Single Ladies’.

A família da vítima alega, ainda, que tentaram contactar Beyoncé para chegarem a um acordo, mas que não obtiveram qualquer resposta.



lusa


Angola-Connection.net