Nyusi diz que ganância e corrupção devem ser combatidas de forma séria
12 Outubro 2017
      
Presidente da República defende que descentralização deve aproximar os moçambicanos e não prejudicar a unidade
Filipe Nyusi defende que a ganância e a corrupção têm o mesmo valor que outros crimes, por isso, devem ser combatidos de forma séria. O Presidente da República diz, por outro lado, que a descentralização que se quer implementar deve aproximar os moçambicanos e não prejudicar a unidade.

Na sua intervenção, hoje, durante a abertura do Conselho Coordenador do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Nyusi defendeu um combate cerrado à corrupção, e convida o Ministério dirigido por Oldemiro Balói a estar na dianteira no combate a este mal.

O tema da paz, a situação económica e em particular a exploração de recursos dominaram também o discurso de Filipe Nyusi. O Presidente quer também que se lute para reconquistar a confiança de parceiros.

O Estadista defende que, em tempos de austeridade, Balói e seu ministério devem saber definir prioridades, de modo a reduzir as despesas da instituição. E porque descobre-se cada vez mais recursos no país, Nyusi alerta aos moçambicanos a estarem atentos, de modo a saber tirar ganhos.

O oitavo Conselho Coordenador do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação debate, durante dois dias, temas como a política externa moçambicana, a situação económica do país e os desafios de gestão financeira do ministério


Angola-Connection.net