Paternalismo : O mérito e a competência estão sendo sacrificados
2 Novembro 2017
      
PATERNALISMO | Nos últimos anos para conseguir um cargo de relevância em Angola não é preciso ter um Curriculum invejável, basta ir na televisão fazer comentários elogiosos à família do ditador José Eduardo dos Santos era suficiente para mudar de vida.

João Paulo Ganga por exemplo conseguiu ser funcionário da Tv Zimbo, enquanto que Walter Filipe conseguiu se tornar governador do Banco Nacional.

Já Luvualu tornou-se embaixador itinerante, Belarmino Van Dunem conseguiu se inserir no Grecima assim como Norberto García foi nomeado pela mesma via na frente do APIEX.

Celson Malavoloneque é agora secretário do Estado para o sector da Comunicação e o pastor que havia dito que a cor vermelha na bandeira do MPLA simbolizava o sangue de Jesus cristo foi nomeado por essa mesma razão para o cargo de Administrador Distrital.

Ontem fomos brindados com mais ima nomeação a do Fernando Heitor dissidente da UNITA que nos últimos dias usou o dito por não dito, agora rresponderá como administrador executivo do Banco de Poupança e Crédito. Em contrapartida, o mérito e a competência estão sendo sacrificados.



Por : Lwenapithekus Samussuku


Angola-Connection.net