Luanda esta quente,já alguém me disse num ton de brincadeira """ Kota Diabo Satanás esta a cozinhar"""
13 Novembro 2017
      
Ytuiny Ferraz Ytuiny

Que calor......

Luanda esta quente,já alguém me disse num ton de brincadeira """ Kota Diabo Satanás esta a cozinhar""".
E verdade e que Luanda esta mesmo quente, o pior e que hoje não a árvores nesta cidade,no outro tempo a Câmara Municipal plantava ou melhor arborização a cidade e faziam irrigação hoje nem a Câmara existe e se existe ja não faz o serviço de outro hora porque as árvores desapareceram.

Hoje de tanto sentir o calor infernal que assola a capital, lembrei me com nostalgia da zona da mulemba,daquela zona da refinaria da petrangol ate o desvio Cimianto ,hoje falam devio do kicolo, era uma das zonas mais frescas de Luanda, ate o irmão da lendária Rainha Ginga o Ngola Kiluange kya Samba, parou na mulemba, hoje tecnocarro para sentir a brisa ( frescura ) das árvores.

Hoje quem sai da avenida directa de Luanda ate ao Cacuaco, num raio de 30 kms nao existe uma árvore a requalificação das estradas levaram todas, nao a um so lugar para encontrar e saborear uma kissangua ou uma Cuca com risco e água fresca debaixo de uma mulemba, porque o tempo democrático as levou, meteram uns coqueiros ou palmeiras ali na zona do petróleo, ninguém rega ninguém trata ,de tanto sol as mesmas estão a murchar porque se água para o humano beber e que se vé ,aonde sairå água para as plantas,as cisternas do governo provincial os chefes se dividiram, umas foram privatizadas a custo zero.

A este novo governo do JLO que está a dar o Show, peço que sobe só a faquia orçamental do Ministério do Ambiente, chamem os ambientalistas, os donos das floriculturas e todos aqueles que gostam de plantas para arborizar esta linda cidade que as árvores e plantas desapareceram,.venhas trazer as sombras naturais ,assim os Angolanos debaixo de uma árvore poderam refletir bem as malambas do dia, porque com o sol ardente,so cria frustrações, dos problemas da vida.

Hoje da mutamba ao benfica, do 1° de Maio a viana, do balezão ao Cacuaco,não existem as árvores do governo ,porque desapareceram....

Ai saudades do outro tempo
Saudades da sombra da mulemba
Num dia de muito calor




Por : Ytuiny Ferraz Ytuiny


Angola-Connection.net