Empresa do ministro dos transportes Augusto da Silva Tomás , CABESTIVA é a responsável principal pela subida dos produtos da cesta básica
10 Janeiro 2018
      
EMPRESA DO MINISTRO DOS TRANSPORTES AUGUSTO DA SILVA TOMÁS, CABESTIVA, É A PRINCIPAL RESPONSÁVEL PELA SUBIDA DOS PRODUTOS DA CESTA BÁSICA.

A denúncia vem por parte de alguns empresários de Cabinda com filiais em Luanda e Lobito, a classe dos empresários dizem não terem problemas em pagar os montantes avultados cobrado pelo Porto de Cabinda, em contrapartida quem pagará é o povo com os preços altíssimos que irão adquirir os mesmos produtos.

A empresa CABESTIVA tem como responsabilidade técnica pela colocação, retirada e arrumação de cargas sobre os convés de embarcações principais e auxiliares, com técnicos habilitados para operar todos os equipamentos de movimentação de carga presentes na embarcação com guinchos, tractores, empilhadeiras, sistemas semi-automáticas para movimentação de cargas.

Empresários dizem pagar preços absurdos, comparando com as outras províncias. “Para descarregar ou carregar uma barcaça de até 2500 toneladas, em Luanda e Lobito não nos custaria acima de 500.000,00 (Quinhentos Mil Kwanzas), enquanto que em Cabinda custa acima de 4.500.000,00 (Quatro Milhões e Quinhentos Mil Kwanzas), um verdadeiro disparate,” frisou um empresário que pediu anonimato.

A Cabestiva entrou no porto de Cabinda através do seu Director e meio irmão do Augusto da Silva Tomás, Antônio Carvalho, que ele próprio indicou e para proteger os seus interesses. Para além do Porto de Cabinda, a empresa opera também no campo petrolífero do Malongo.


Angola-Connection.net