Kabila manda assassinar um padre congoles
14 Janeiro 2018
      
KABILA MANDA ASSASSINAR UM PADRE CONGOLÊS -

O Padre Joseph Mulimbi foi assassinado as 05:00 da madrugada de quarta-feira dia 10 de Janeiro do ano em curso depois de ter exortado o governo de respeitar a constituição da RDC como magna que dirige o país e ao mesmo tempo este assassinato torna um aviso importante o chefe dos credos católicos o seu Arcebispo MOSENGO,o homem forte da RDC que enfrentou Mobutu até a sua queda absoluta. Kabila está introduzir o seu dedo lá onde não pode.

Apartir deste assassinato, Kabila declara uma guerra sem tréguas com a Igreja católica em geral, depois de ter impedido os católicos da RDC de celebrar a missa habitual do fim do ano.

Alguns dias depois do Assassinato do padre, Kabila um presidente sem mandato, fez deslocar a sua esposa par ír ter com o chefe da Igreja católica no Congo o nosso Senhor MOSENGO infelizmente esta última não foi recebida e Mosengo organizou uma missa especial para celebrar as vítimas das manifestações de Santo Silvestre inclusive o assassinato do padre Joseph.


Angola-Connection.net