O croquete mata mesmo
24 Janeiro 2018
      
will-invite-portuguese-pm-antonio-costa-to-felicitate-him-goa-cm-laxmikant-parsekar
Ah, o doce sabor das férias, longe do reboliço desta cidade que nos sufoca com turistas e veículos à estonteante velocidade de 45 km/h e tuk-tuks que se vêm a nós entre uma paragem e outra.
.
Estás feliz por finalmente termos umas férias só nós os dois, sem as crianças, querida? Crianças! Vês como ainda me custa aceitar que cresceram, que já não são crianças? Até a Joana, a pequenina, que daqui a um mês já terá idade para mudar de sexo e daqui a dois anos está a poder tirar a carta de condução…
.
Sempre achei que o Pedro ia longe, desde pequenino. Estou tão orgulhoso dele, com o negócio de medicamentos para enjoos que montou na varanda… Mas vai saber bem estarmos sem eles estes dias, não vai? Olha, vamos entrar agora numa zona de pinhal de sobreiros, presta atenção.
.
Sinto-me um bocado esquisito… Não sei… É uma dor que estou a sentir, não sei se é cansaço… Ai… O meu braço… Ai… Ai… O peito… Acho que estou a ter um enfarte. Vou parar. Liga para a ambulância…
.
Ela tentou ligar, mas os inibidores de rede móvel do Costa são mais eficazes do que os métodos de evacuar pessoas em incêndios de grande proporções. Morreu. Ao menos, morreu tranquilo, não foi assassinado pelo maldito kit mãos-livres que tantas mortes rodoviárias causa.
.
A autópsia revelou que foi mesmo um enfarte. De certeza, consequência de tantas viagens exóticas a bares de hospital para comer croquetes.


Angola-Connection.net