José Eduardo Dos Santos deixa o poder em troca ao fim da perseguição aos seus filhos ?
12 Abril 2018
      
José Eduardo Dos Santos em troca ao fim da perseguição aos seus filhos ?
POLITICAJES abdica a liderança do MPLA em favor da estabilidade do País


“A minha responsabilidade é com a estabilidade do País.” É assim que José Eduardo dos Santos está a justificar o seu afastamento antecipado da liderança do MPLA que acontece de forma oficiosa nesta sexta-feira, 13, deixando a presidência de forma interina para João Lourenço.

O Correio da Kianda sabe que entre os vários assuntos discutidos na reunião desta quarta-feira, presidida por João Lourenço, os membros do Secretariado do Bureux Político terão sido informados que João Lourenço, na qualidade de Vice-Presidente, deverá conduzir os destinos do Partido até ao mês de Agosto, altura em que será realizado o Congresso Extraordinário que deverá oficializa-lo como Presidente.

Ainda este mês, os membros do BP deverão ser convocados para uma reunião que terá como principal ponto de discussão a transição na Presidência do Partido, sendo que o Comitê Central deverá reunir-se no próximo dia 04 de Maio com o principal objectivo de convocar o Congresso Extraordinário.

A nossa fonte revela ainda que, antes do seu afastamento oficioso, José Eduardo dos Santos, terá recomendado aos seus filhos uma postura mais discreta, não comentando na imprensa ou nas redes sociais qualquer assunto de cariz político-partidário.

Entretanto, o portal de notícias tv livre angola, informa em dados ainda por confirmar, que para Vice-Presidente do partido, cogita-se o nome de Fernando da Piedade Dias dos Santos “Nandó”, e que em troca do seu afastamento da presidência do partido, Dos Santos teria o fim da “perseguição” à sua família.

Fonte : Correio da Kianda


Angola-Connection.net