Guerra entre militantes na Caála é uma realidade
11 Julho 2018
      
O caso pouco comentado, é o braço de ferro que se vive na província do Huambo, município da Caála. O senhor Sete, é um militante pertencente ao partido dos maninhos [UNITA], que tem como cunhado o antigo director de escola de uma das comunas ligadas à este município.

O senhor Herculano Caxaxa, foi vítima de uma perseguição, por partilhar o mesmo espaço habitacional com o senhor Sete. A diferença partidária, valeu-lhe a sua exoneração. O partido dos camaradas, viu no senhor Caxaxa um camarada traidor por albergar um brigadeiro reformado no partido dos maninhos.

De imóveis não é tudo, o baixinho professor Kalueyo, professor da Escola de Formação de Professores, é também vítima; vendeu o seu terreno logo no início da entrada da Caála, que fica a 200 metros do Residencial Chissoca, bairro de Calilongue.

O jovem professor vendeu aos maninhos o seu prédio rústico, num valor de 19 mil dólares. Também foi "picado" pelo sistema. Anteriormente, desempenha funções de coordenador de disciplina na Escola de Formação de Professores."


Angola-Connection.net