Livro "Caça às Bruxas" já nas bancas em Lisboa
19 Setembro 2018
      
Livro "Caça às Bruxas" já nas bancas em Lisboa



Os amantes da literatura angolana afluíram em massa, terça-feira, na Casa de Angola, em Lisboa, a apresentação do livro "Caça às Bruxas", do escritor e jornalista Albino Carlos.
Livro

Com sala cheia, centenas de pessoas de vários extractos sociais afluíram a “Casa de Angola”, para compra de um exemplar, cuja obra foi lançada em Agosto último, em Luanda, Angola.

Durante a apresentação do livro a poetisa e historiadora angolana Ana Paula Tavares disse que “Caça às Bruxas” serve de introdução a história do feitiço em Angola.

Ana Paula Tavares considerou a obra uma grande referência das tradições nacionais, onde o autor fala dos mitos de feitiçaria que ocorrem no país.

Em declarações à Angop, Albino Carlos disse que o romance, baseia-se num caso real – o fuzilamento sumário de sete feiticeiros, no Kuito Kuanavale, província do Cuando Cubango, no célebre caso “kamutukulenu”.

Dotado de um humor negro e provocador, “Caça às Bruxas” é uma narrativa de intensidade incomum, que faz, com realismo e magia, e cruzando elementos da mitologia tradicional com a própria história, uma insólita paródia das “makas” e das quezílias políticas e as pressões que têm exercido sobre a mentalidade dos angolanos.

O livro é uma sátira que revela a imperiosidade de Angola e os angolanos, cada um e cada qual, enredados nos demónios próprios e alheios.

Albino Carlos destaca-se por escrever sobre a idiossincrasia da alma angolana, sendo enaltecido pela crítica pelo modo como esculpe a palavra, com sublime mestria no transporte do mundo oral para a escrita, convocando em si mesmo uma espécie de griot.

Assinatura reconhecida do jornalismo e figura destacada do meio académico, Albino Carlos é membro da Academia Angolana de Letras, da União dos Escritores Angolanos.

Prémio Nacional de Cultura e Artes na categoria de Literatura, em 2014, com o aclamado livro de contos “Issunje”, conquistou o Prémio de Literatura António Jacinto (2006) com o romance “Olhar de Lua Cheia”, figurando em antologias e edições traduzidas de prestígio.



lusa


Angola-Connection.net